Nova liga mundial de râguebi arranca este sábado em Lisboa

O Rugby Tens Championship é o primeiro formato competitivo de râguebi a nível mundial a ter igualdade na vertente financeira, bem como no formato de competição, datas e locais de jogo.

O Rugby Tens Championship, a nova liga mundial de rugby de 10 que será lançada em Lisboa, nos dias 27 e 28 de novembro, já tem o calendário de jogos definidos.

A competição das equipas profissionais começa neste sábado às 13.00, no Estádio Universitário de Lisboa, com a fase de grupos. Os primeiros a entrar em ação são os San Clemente Rhinos contra os Balkan Honey Badgers, pelas senhoras. As equipas jogam todas entre elas na fase de grupos, para definir os lugares nos playoffs (semi finais e finais), que serão jogadas no domingo, a partir das 11.00.

Os jogos Academy (formação) começam logo pelas 11 .00 com a fase de grupos. Também os playoffs, que decidem o vencedor de cada escalão, serão jogados no nomingo.

Os quatro clubes participantes são os San Clementes Rhinos, os Cape Town Wild Dogs, Serengeti Elephants e Balkan Honey Badgers.

Cada clube tem equipa profissional feminina e masculina, bem como uma equipa Academy (formação) masculina e feminina.

Consulte o horário completo e alinhamento das equipas em https://rugbytens.com

O lançamento do Rugby Tens Championship trará a Lisboa jogadores profissionais de mais de 30 países dos seis continentes.

Em Portugal, o Rugby Tens será organizado pela Move Sports, com o apoio da Federação Portuguesa de Rugby (FPR).

Esta nova liga "é o primeiro formato competitivo de râguebi a nível mundial a ter igualdade na vertente financeira, bem como no formato de competição, datas e locais de jogo", destaca a organização do R10C.

O circuito será composto por quatro etapas, em Lisboa, Paris, Cidade do Cabo e Las Vegas, sagrando-se vencedora a franquia que somar mais pontos no combinado de resultados das equipas masculina e feminina ao longo de toda a competição.

As equipas contarão com jogadores profissionais de râguebi 'sevens', 'tens' e de 15, de países como "Nova Zelândia, Brasil, Canadá, EUA, Irlanda, Quénia, Suécia, África do Sul e Portugal", explicou um dos cofundadores da competição, Willem Strauss.

"Será um evento internacional importante para o desenvolvimento de jovens e promissores jogadores, promovendo trocas culturais entre jogadores de diversas culturas e as suas melhores qualidades técnicas. Portugal e a cidade de Lisboa dão as boas-vindas, de braços abertos, a todos os participantes", destacou o presidente da FPR, Carlos Amado da Silva, citado pela organização.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG