Morreu Vicente Cantatore, antigo treinador do Sporting

O antigo técnico argentino sofria da doença de Alzheimer. No seu currículo contou com uma passagem de cerca de duas semanas por Alvalade na época 1997-98.

O treinador Vicente Cantatore morreu esta sexta-feira, aos 85 anos. O técnico argentino teve uma passagem fugaz pelo Sporting na época 1997-98, na qual chegou para substituir Otávio Machado, mas fez apenas três jogos em duas semanas, tendo decidido abandonar o clube no qual foi substituído por Carlos Manuel.

Cantatore morreu em La Cistérniga, perto da cidade espanhola de Valladollid, onde vivia. Aliás, foi no clube daquela cidade que teve os melhores anos da sua carreiram sendo ainda hoje o treinador com mais jogos à frente do Valladollid.

Vicente Cantatore, que lutava nos últimos anos contra a doença de Alzheimer, iniciou a sua carreira de futebolista nos argentinos do San Lorenzo, passando depois pelo Tigre, antes de emigrar para o Chile onde representou vários clubes e iniciou a sua carreira de treinador ao serviço do Cobreloa, de onde saíu para orientar a seleção chilena em 1985.

Nesse mesmo ano mudou-se para Espanha onde representou Valladollid, Sevilha e mais tarde o Tenerife, Betis e Sp. Gijón, onde encerrou a sua carreira de treinador em 2000-01.

Pelo meio teve então a fugaz passagem pelo Sporting, onde se estreou com uma vitória de 2-1 sobre os belgas do Lierse para a Liga dos Campeões, tendo depois perdido em casa do V. Setúbal (0-2) e vencido por 1-0, em Alvalade, a Académica. Nas vésperas de Natal, regressou a Espanha, não se sabendo até hoje as razões da decisão de deixar os leões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG