IPDJ cria página para proteção de praticantes desportivos em casos abuso

Instituto Português do Desporto e Juventude admite ter "política de tolerância zero" quanto a casos de abuso, assédio e outros tipos de violência em contextos desportivos.

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) anunciou esta quinta-feira ter disponibilizado no seu sítio oficial uma página dedicada à proteção de praticantes para os casos de abuso, assédio e outros tipos de violência em contextos desportivos.

Em comunicado, o organismo explica que "a página agrega no mesmo espaço canais de denúncia ou de apoio às vítimas, disponibilizados por diversas entidades, designadamente o do Observatório Nacional da Violência Contra os Atletas (ISMAI), o da Federação Portuguesa de Futebol, o da Associação de Apoio à Vítima (APAV), da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, entre outros".

O IPDJ lembra que tem uma "política de tolerância zero" sobre a temática e assegura promover ativamente um ambiente de maior proteção das crianças e jovens no desporto, dando como exemplo a campanha 'Start to Talk - Quebrar o Silêncio', um projeto do Conselho da Europa que dinamiza em Portugal desde 2018.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG