Coreia do Sul, de Paulo Bento, goleada pelo Brasil

Neymar fez dois golos e o treinador português considerou que os problemas defensivos dos sul-coreanos foram determinantes.

A Coreia do Sul, seleção treinada por Paulo Bento e adversária de Portugal no Mundial 2022, sofreu esta quinta-feira uma goleada num particular frente ao Brasil, por (5-1, com Neymar a bisar no jogo disputado em Seul.

Num encontro em que os sul-americanos já venciam por 2-1 ao intervalo, o avançado canarinho marcou aos 42 e 57 minutos, as duas vezes de penálti, a castigar faltas sobre Alex Sandro.

Richarlison abriu a contagem logo aos sete minutos, mas a Coreia do Sul ainda empatou por Hwang, aos 31'.

Na segunda parte, já depois do bis de Neymar, Coutinho, aos 80 minutos, e Gabriel Jesus, aos 90+3, confirmaram a goleada.

"Um resultado 5-1 demonstra que cometemos demasiados erros. Muitos erros. É um resultado justo contra uma equipa forte. Vamos analisar bem o jogo para que tais erros não voltem a acontecer", disse Paulo Bento, em declarações divulgadas pela federação sul-coreano no seu sítio oficial.

O selecionador acrescentou que os problemas ocorreram a nível defensivo, apesar de salientar que os jogadores "deram tudo". "No ataque até estivemos bem. Não foi um problema de atitude ou de esforço. Jogadores deram tudo. Foi sim um problema defensivo. É a primeira vez que sofro dois penáltis no mesmo jogo", acrescentou.

A Coreia de Sul é adversária de Portugal no próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer em novembro e dezembro no Qatar, num Grupo H que inclui ainda Gana e Uruguai. Por seu lado, o Brasil integra o Grupo G com Suécia, Camarões e Suíça.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG