Cláudia Neto afasta pressão para o Euro2017

A futebolista afirmou esta segunda-feira que a seleção feminina vai disputar o Euro 2017 "sem qualquer tipo de pressão" e acredita que a sua experiência vai ajudar as colegas com menos internacionalizações

"Vamos para lá [Holanda] sem qualquer tipo de pressão. A pressão está toda do lado delas [adversárias], mas vamos dar tudo em campo, tentar superar-nos, dignificar a camisola e, só assim, Portugal poderá fazer algo bom no Europeu", começou por referir a médio, de 29 anos, em conferência de imprensa realizada na Cidade de Futebol, em Oeiras.

Com a chegada da atleta do Linkoping, da Suécia, o selecionador Francisco Neto passou a contar com as 25 atletas convocadas na segunda semana de trabalhos, algo que Cláudia Neto vai aproveitar para passar uma mensagem às mais novas.

"Todas elas [jogadoras] se sentem orgulhosas e felizes de poder representar Portugal e de estar nas 25 convocadas. Vou transmitir uma mensagem de espírito de sacrifício, de entreajuda e também seguir que o selecionador pede", declarou.

Para a internacional portuguesa, o objetivo na prova será "dar o máximo e pensar jogo a jogo", sabendo das "dificuldades" das seleções que vão defrontar.

A equipa das quinas vai disputar pela primeira vez um Campeonato da Europa de futebol feminino, que se disputa entre 16 de julho e 06 de agosto, na Holanda.

Portugal, integrado no Grupo D do Europeu, começa por defrontar a Espanha, a 19 de julho, em Doetinchem, seguindo-se, a 23 de julho, a Escócia, em Roterdão, e a 27 a Inglaterra, em Tilburgo.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.