Benfica conquista campeonato de futebol feminino pela primeira vez

Benfica fica a 5 pontos de distância do segundo classificado, o Sporting.

O Benfica arrebatou hoje o primeiro campeonato português de futebol feminino da sua história, com uma vitória 3-0 em casa do rival lisboeta Sporting, na 14.ª e última jornada da fase de apuramento de campeão.

Precisando apenas de um empate no Estádio José Alvalade para ser campeão, o conjunto orientado por Filipa Patão alcançou a vantagem logo aos cinco minutos, por Nycole, sustendo a vantagem tangencial até aos instantes finais, em que os golos de Cloé Lacasse, aos 83, e de Kika Nazareth, de penálti, aos 87, sentenciaram o triunfo.

O Benfica venceu pela primeira vez o título, depois de vencer a II Liga e uma Taça de Portugal e outra Taça da Liga, tendo terminado esta segunda fase do campeonato com 39 pontos, mais cinco do que o Sporting, que encerrou na segunda posição, com 34.

A partida não podia ter começado melhor para as 'águias', que se adiantaram no marcador logo aos cinco minutos, por intermédio de Nycole, que, solta de marcação, bateu Inês Pereira, após uma incursão rápida pela esquerda da canadiana Cloé Lacasse.

A brasileira esteve lesionada e, depois de 10 minutos na goleada (7-0) ao Condeixa, regressou à titularidade da melhor maneira, perante um conjunto 'leonino' muito desinspirado em termos ofensivos, procurando o perigo através de bolas paradas.

Contudo, num encontro disputado a um ritmo lento, com muitas paragens, o Benfica ia gerindo a vantagem, com consistência defensiva e a ameaçar até um segundo tento, quando Inês Pereira desviou para canto um remate de Andreia Faria, aos 32 minutos.

A melhor oportunidade do lado 'verde e branco' surgiu já em período de compensação, por intermédio de uma recarga de Raquel Fernandes, que obrigou a guarda-redes brasileira Letícia a esticar-se para afastar o perigo, antes do descanso.

Na segunda parte, Cloé Lacasse testou, aos 57, com um remate de longe, Inês Pereira, a efetuar uma grande defesa, mas o Sporting naturalmente acercou-se mais da baliza contrária, com a recém-entrada Amanda Pérez a procurar a igualdade aos 60, num cabeceamento que saiu ligeiramente ao lado, e aos 81, para defesa segura de Letícia.

Apesar dessas tentativas, as 'leoas' continuavam sem inspiração para ir em busca da reviravolta, facto que as benfiquistas aproveitaram para ampliar a vantagem e 'matar' de vez a discussão do título, com direito a muita classe de Cloé Lacasse, que tirou Joana Marchão do lance de forma sublime e, com muita calma, atirou a contar, aos 83.

Já em desespero, Ana Capeta, que tinha visto um amarelo, aos 65 minutos, foi admoestada com o segundo e consequente vermelho, aos 85, pouco antes de Kika Nazareth, da marca de penálti, 'fechar' o resultado, a castigar uma falta de Ana Borges.

O Sporting ainda tentou minimizar os danos e resgatar um tento de 'honra', mas não era mesmo o dia para tal e a festa foi mesmo 'encarnada', em pleno Estádio José Alvalade, onde Sílvia Rebelo ergueu a taça pela primeira vez no historial do Benfica.

Jogo realizado no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG