Benfica anuncia princípio de acordo com o treinador Roger Schmidt

Treinador alemão, que orienta os neerlandeses do PSV Eindhoven, vai suceder a Nélson Veríssimo.

O Benfica confirmou esta quarta-feira ter chegado a um princípio de acordo com treinador alemão de futebol Roger Schmidt, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"A Sport Lisboa e Benfica -- Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, informa que estão a decorrer negociações e existe um princípio de acordo para a contratação do treinador Roger Schmidt, a qual ainda não se encontra formalizada", lê-se no comunicado dos encarnados.

Roger Schmidt, de 55 anos, está em fim de contrato com os neerlandeses do PSV Eindhoven, que treina desde 2020/21, depois de ter comandado clubes como Beijing Guoan, Bayer Leverkusen, Salzburgo e Paderborn.

As primeiras notícias de que Schmidt poderia rumar ao Benfica surgiram no final de março. Na altura, a revista Kicker garantia que que era "quase certo" que iria rumar à Luz para um contrato válido a partir de 1 de julho.

A Kicker recordou então que o técnico esteve para assinar com o RB Leipzig em dezembro, mas recusou porque a sua prioridade era cumprir o contrato com o PSV.

O treinador alemão tem no currículo um campeonato austríaco (2014-15), uma Taça da Áustria (2013-14), uma Taça da China (2018) e, mais recentemente, uma Supertaça e uma Taça dos Países Baixos (2021-22).

Schmidt defrontou os encarnados na presente temporada, no playoff de acesso à Liga dos Campeões, tendo sido eliminado pela equipa então orientada por Jorge Jesus (1-2 na Luz e 0-0 em Eindhoven).

Anteriormente, tinha levado de vencida três dos quatro confrontos frente a equipas portuguesas, curiosamente sempre frente a Jorge Jesus, tendo vencido o Benfica por 3-1 na Alemanha e empatado a zero em Lisboa em 2014-15, quando orientava o Bayer Leverkusen, e derrotado o Sporting por 1-0 em Alvalade e 3-1 em Leverkusen na época seguinte.

A sua passagem pelo Bundesliga ficou marcada por um incidente numa partida com o Borussia Dortmund, em que Schmidt foi expulso por protestos com a equipa de arbitragem, acabando depois por se recusar a abandonar o campo.

O árbitro suspendeu mesmo a partida durante oito minutos e mandou todos jogadores para os balneários, ficando só autorizados a regressar ao relvado quando Schmidt já não estivesse em campo.

A equipa principal do Benfica é atualmente orientada por Nélson Veríssimo, que sucedeu a Jorge Jesus, em 28 de dezembro de 2021.

Roger Schmidt será o segundo treinador alemão da história do Benfica, depois de Jupp Heynckes entre 1999 e 2000. Será ainda o regresso à aposta num técnico estrangeiro, após 15 épocas em que a escolha recaiu num português. O último estrangeiro a orientar os encarnados foi o espanhol Quique Flores, em 2008-09.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG