Amorim considera que os três 'grandes' ainda estão na luta pelo título

O treinador do Sporting considerou este domingo que os três 'grandes' do futebol português ainda estão na luta pelo título e remeteu as contas para o final da época, mas frisou que é preciso ganhar "jogo a jogo".

Em conferência de imprensa de antevisão da visita ao Moreirense, Rúben Amorim insistiu que "tudo pode acontecer" até final da I Liga e lembrou que os últimos pontos perdidos pela sua equipa e pelo FC Porto nas últimas jornadas "provam isso".

"Eu acho que ainda tudo é possível. O Benfica, a meu ver, ainda pode ser campeão, o FC Porto pode ser campeão, o Sporting pode ser campeão e há que ganhar jogo a jogo", apontou Rúben Amorim, na Academia Sporting, em Alcochete.

Por isso, o técnico rejeitou pegar já na 'calculadora', considerou que "com o desenrolar do campeonato torna-se sempre tudo mais difícil", e remeteu as contas para o final da época, preferindo manter o foco no próximo adversário.

"Não vale a pena estarmos a pensar, porque não sabemos o que vai acontecer nos jogos do FC Porto, ou do Benfica ou do [Sporting de] Braga. Portanto, é vencer o Moreirense, voltar para casa, preparar o próximo e não fazer mais contas do que isso", desvalorizou Amorim.

O técnico, de resto, recebeu boas notícias durante a semana, uma vez que "Palhinha recuperou" da lesão que o afastou dos últimos jogos, "o Pote [Pedro Gonçalves] já tinha recuperado durante a semana" e "o Dani [Daniel Bragança] também vai [a Moreira de Cónegos]".

Amorim reconheceu que, com todos os jogadores recuperados, a equipa fica mais forte e juntou a esse dado as "semanas mais longas" que se avizinham, sem jogos europeus ou de outras competições, o que dá "mais tempo para recuperar jogadores".

"Tendo os jogadores todos, vai ser muito competitivo durante a semana. Toda a gente vai querer jogar, o que aumenta a qualidade da equipa. E o que nós temos é de jogar bem, ganhar o jogo, um por semana e no fim faremos as contas", insistiu.

Os 'cónegos' são orientados por Ricardo Sá Pinto, antigo jogador dos 'leões' de quem "toda a gente no Sporting gosta", admitiu Rúben Amorim, que no passado sucedeu ao seu rival de segunda-feira, no Sporting de Braga, mas o técnico colocou as emoções de fora da equação do encontro.

"No outro lado vai estar uma referência do Sporting, mas que é treinador do Moreirense e que vai querer ganhar. Portanto, vai ser mais um jogo de campeonato", desvalorizou o treinador dos 'leões'.

O Sporting visita na segunda-feira o Moreirense, em partida que encerra a 26.ª jornada da I Liga de futebol, com início marcado para as 20:15 e arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

O campeão nacional é o último dos três primeiros classificados a entrar em campo na 26.ª jornada e, por isso, irá iniciar a partida a saber que pode aumentar para seis pontos a vantagem para o terceiro classificado, o Benfica, que na sexta-feira empatou (1-1) com o Vizela, além de conhecer também o resultado do FC Porto, que recebe hoje (18:00) o Tondela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG