Grupo de adeptos forçou entrada sem bilhete na final do Euro 2020

Inglaterra joga primeira final do Europeu, frente a Itália, e os fãs não queriam perder as emoções do jogo. Confrontos com a polícia.

Um "pequeno grupo" de adeptos conseguiu entrar nas bancadas do estádio de Wembley sem bilhete, depois de forçar a passagem em diversos perímetros de segurança, antes da final do Euro2020 entre a Inglaterra e a Itália.

"Houve uma quebra da segurança e um pequeno grupo de pessoas conseguiu entrar no estádio", admitiram os responsáveis do recinto, que num primeiro momento tinham negado essa possibilidade.

Vários invasores podiam ser vistos em pé no estádio, sem acesso aos lugares sentados, garantidos pelos titulares dos ingressos.

O desejo de ver a Inglaterra jogar a sua primeira final de um Campeonato da Europa levou alguns adeptos a tentar invadir o Estádio de Wembley, onde a seleção joga este domingo com a Itália (20.00, RTP e Sport TV).

A menos de uma hora do jogo com a Itália, várias pessoas tentaram forçar a entrada no palco da final do Euro 2020, este domingo, derrubando as grades de proteção e obrigando as forças de segurança a intervir gerar cenas de violência e confronto.

Wembley tem capacidade para 90 mil espectadodres, mas devido à pandemia apenas foram emitidos 65 mil bilhetes (o triplo do consentido na fase de grupos). Demasiado pouco para a enorme paixão dos ingleses pelo futebol e a sua seleção.

A maioria dos ingressos para a final, com preços entre os 95 e 945 euros, foram vendidos muito antes de se saber que Inglaterra ia chegar à final, tendo gerado uma corrida louca aos bilhetes. Segundo a Imprensa inglesa o mercado negro tinha ingressos a 40 mil euros. Muitos não conseguiram bilhetes, mas concentraram-se junto ao recinto de jogo, tentando entrar à força.

No recinto estão cerca de 1000 adeptos italianos, autorizados a assistir à final contra a Inglaterra sem precisar de cumprir o isolamento de 10 dias exigido pelo governo britânico.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG