Acidente aparatoso logo na primeira volta interrompe GP da Grã-Bretanha. Pilotos estão bem

Zhou Guanyu foi declarado apto pelo centro médico uma hora depois. ALex Albon foi transportado para o hospital, mas espera estar no GP Áustria já no próximo fim de semana.

Um acidente numa curva logo na primeira volta do GP da Grã-Bretanha, que envolveu Zhou Guanyu, Alex Albon, George Russell, Esteban Ocon e Yuki Tsunoda, levou à interrupção da corrida por alguns momentos. O medical car chegou mesmo a entrar na pista devido ao aparato que envolveu o carro do japonês Zhou Guanyu.

O Alfa Romeo de Guanyu arrastou-se vários metros virado ao contrário, capotou novamente e passou por cima da proteção de pneus, parando só na grade de proteção.

Na altura, o neerlandês Max Verstappen (Red Bull), líder do campeonato e campeão em título, já tinha assumido a liderança, ultrapassando o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), que partiu, pela primeira vez na carreira, da pole position (e viria a ganhar a corrida).

"Os dois pilotos estão conscientes [Albon e Zhou] e vão ser avaliados no centro médico. Mais informação vai ser dada a seu tempo", explicou a FIA. O diretor da Alfa Romeo assegurou que Zhou estava consciente e colaborante, tendo sido transportado para o centro médico do circuito de Silverstone. "Estou OK, tudo bem. O halo (estrutura que protege a cabeça dos pilotos nos monolugares) salvou-me hoje. Obrigado a todos pelas belas mensagens (de apoio)", escreveu Zhou, com uma fotografia sorridente.

Cerca de uma hora depois, o piloto chinês (Alfa Romeo) foi declarado apto pelo centro médico. "O condutor do carro n.º 24 (Zhou) foi declarado apto e libertado do centro médico", anunciou a Federação Internacional do Automóvel (FIA), na rede social Twitter, pouco depois de ter dado conta da avaliação dos envolvidos nos incidentes ocorridos no arranque da prova britânica, que levaram à bandeira vermelha.

Já Albon foi transportado de helicóptero para o hospital de Coventry e já pela noite dentro sossegou os fãs. "Está tudo bem. Estou feliz por saber que o Guanyu Zhou está bem! Obrigado à equipa médica. Agradeço também todas as mensagens de apoio. Já estou de olhos postos no GP da Áustria", escreveu o piloto anglo-tailandês da Williams.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG