33 passes. O tiki-taka que deu origem ao terceiro golo de Portugal

Vídeo mostra a sequência de passes, dos quais apenas um não foi no meio-campo ofensivo, antes de Cristiano Ronaldo fazer o 3-0

Embora tenha vencido a Hungria por 3-0, Portugal arrancou o primeiro golo a ferros, quando já estavam decorridos 84 minutos, e logo a seguir chegou ao segundo na conversão de uma grande penalidade. No entanto, o melhor estava guardado para o fim.

Com 33 passes consecutivos (32 dos quais no meio-campo ofensivo), a seleção portuguesa atordoou os jogadores húngaros e, pacientemente, encontrou tempo e espaço para chegar ao terceiro golo, da autoria de Cristiano Ronaldo, já em tempo de compensação.

Antes, já Raphael Guerreiro tinha dado vantagem a Portugal e CR7 apontado o 2-0 na transformação de um penálti.

Com esta vitória, a equipa das quinas coloca-se na liderança do Grupo F, com três pontos, os mesmos da França, que também esta terça-feira bateu a Alemanha por 1-0 em Munique.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG