A solução para o stress pode estar aqui ao lado

Escapar algumas vezes do quotidiano é essencial para uma vida menos stressante. E não há melhor local perto de Lisboa para recuperar energias do que Sintra.

Por vezes, é necessário sair da rotina para realmente se conseguir relaxar e espairecer por completo. Deixar o trabalho e as responsabilidades para trás, fazer novas atividades e ter experiências únicas.

Uma ótima opção para ter tudo isto no mesmo local é o Arribas Sintra Hotel . Localizado na Praia Grande, em Sintra, todos os quartos, para além de terem vista para o mar, são mesmo sobre o mar, o que ajuda bastante no relaxamento. Com um restaurante e uma piscina oceânica, neste hotel pode desligar de tudo e de todos.

Pode ainda fazer uma das mais variadas Arribas Experience que tem à sua disposição, como passeio de bicicleta, caminhada ou surf. Além disso, Sintra é uma das mais bonitas zonas da Grande Lisboa, repleta de locais para visitar, passear e passar momentos diferentes.

Esta experiência torna-se ainda mais especial visto que, se fizer a marcação da manutenção do seu smart pelo site do c lube s mart , até 31 de dezembro de 2018, recebe um voucher com oferta de uma noite na compra de outra. No caso das duas noites terem valores diferentes, será considerada a de valor superior. Para receber o voucher, marque a manutenção, reserve o quarto mencionando o programa do clube smart e apresente o voucher no dia de utilização. Não se esqueça de fazer a manutenção na oficina autorizada selecionada.

Passará um fim de semana inesquecível, durante o qual pode relaxar ou aventurar-se numa das atividades. Mas o mais importante é que irá divertir-se e espairecer.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

Globalização e ética global

1. Muitas das graves convulsões sociais em curso têm na sua base a globalização, que arrasta consigo inevitavelmente questões gigantescas e desperta paixões que nem sempre permitem um debate sereno e racional. Hans Küng, o famoso teólogo dito heterodoxo, mas que Francisco recuperou, deu um contributo para esse debate, que assenta em quatro teses. Segundo ele, a globalização é inevitável, ambivalente (com ganhadores e perdedores), e não calculável (pode levar ao milagre económico ou ao descalabro), mas também - e isto é o mais importante - dirigível. Isto significa que a globalização económica exige uma globalização no domínio ético. Impõe-se um consenso ético mínimo quanto a valores, atitudes e critérios, um ethos mundial para uma sociedade e uma economia mundiais. É o próprio mercado global que exige um ethos global, também para salvaguardar as diferentes tradições culturais da lógica global e avassaladora de uma espécie de "metafísica do mercado" e de uma sociedade de mercado total.