Ouvir uma maestrina falar do trabalho ou um físico pensar uma pintura

Joana Carneiro e o vencedor do Prémio Pessoa 2014, Henrique Leitão, são alguns dos oradores do Meeting Lisboa, que Marcelo Rebelo de Sousa inaugura nesta sexta-feira no Centro Cultural de Belém

O Meeting Lisboa começa hoje e estende-se até domingo na Tenda do Centro Cultural de Belém. Este ano, o evento lança a todos, oradores e público, a pergunta que perfaz o título desta quarta edição: "E tu, que novidade trazes?"

Inaugurado pelo Presidente da República nesta segunda-feira às 19.00, o evento levado a cabo por 150 voluntários continua, depois de Marcelo Rebelo de Sousa, às 19.30, com o testemunho de Nicola Boscoletto, que fundou a cooperativa Giotto, organização que trabalha há mais de duas décadas com reclusos de Pádua, entre eles, Agostino Zhang, que o Papa Francisco escolheu, a par do ator e realizador Roberto Benigni, para apresentar o seu livro O Nome de Deus é Misericórdia. Catarina Bettencourt, diretora da Fundação Igreja que Sofre, que trabalha com refugiados de todo o mundo, estará presente na mesma sessão, subordinada ao tema "A misericórdia que muda".

Às 21.30, Joana Carneiro, maestrina convidada da Orquestra Gulbenkian e maestrina principal da Orquestra Sinfónica Portuguesa e da Orquestra de Berkley, a par de Guilherme Almeida e Brito, Vice-Diretor da Católica-Lisbon, conversam em torno do tema "Trabalhar juntos".

Amanhã, o músico João Só reflete no seu percurso às 21.30, em "Não vinhas nos meus planos". Outro dos destaques é a sessão que o antecede, às 16.00. Henrique Leitão, físico e historiador da Ciência, Prémio Pessoa de 2014, e a economista Isabel Sá Luís, pensam os quadros de Jean-François Millet cujas reproduções estarão expostas durante o Meeting Lisboa na mostra Um Drama Envolto em Esplendor: Homens e Mulheres no trabalho na pintura de Millet. A sessão fechará com cante alentejano.

Outra das exposições que fazem parte desta quarta edição do evento pensa a personagem Katniss, a principal de Hunger Games (Jogos da Fome, em português) através de sucessivos exemplos paralelos de testemunhos e acontecimentos reais.

A entrada é livre. Conheça aqui todo o programa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG