Mais de 3000, nus e pintados de azul para Spencer Tunick

Voluntários foram fotografados este sábado pelo norte-americano na cidade inglesa que será Capital Europeia da Cultura em 2017

Na manhã deste sábado, cerca de 3200 pessoas despiram-se e pintaram-se de azul para serem fotografadas por Spencer Tunick na cidade britânica de Hull, no condado do Yorkshire.

Todos voluntários, responderam ao apelo do fotógrafo norte-americano, conhecido por retratar multidões sem roupa, e que desta vez se inspirou na relação da cidade com o mar - daí ter pedido aos participantes que usassem quatro tonalidades diferentes de azul para se pintarem despidos, antes de serem fotografados.

O azul foi igualmente uma referência ambientalista à subida do nível das águas do mar, causada pelo aquecimento global, disse o fotógrafo ao The Guardian. "Precisava de 2500 a 3000 voluntários para fazer este trabalho. Vieram 3200", revelou Tunick. "É a ideia dos corpos e da humanidade a inundar as ruas".

A sessão fotográfica levou cerca de três horas e obrigou a fechar as ruas da cidade entre a meia-noite e as dez da manhã de sábado. Insere-se já nas celebrações de Hull Capital Europeia da Cultura 2017.

Um dos voluntários, o norte-americano Stephane Janssen, tem 80 anos e já posou para as fotografias de Tunick 20 vezes. "Digo sempre que é a coisa menos sexual que já vi na minha vida", revelou ao Guardian. "Estamos nus, mas não é importante. Somos iguais", sublinhou.

As fotografias hoje tiradas por Tunick vão estar em exposição em 2017 na galeria de arte Ferens, em Hull, que organizou a iniciativa, e serão compradas pela galeria para fazerem parte da exposição permanente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG