"Os Xutos vão continuar". Com músicas novas e a guitarra de Zé Pedro

A banda deu um único concerto após a morte de Zé Pedro a 31 de dezembro, em Albufeira

Banda anunciou hoje que terá disco de originais este ano, "muitas delas com a guitarra do Zé Pedro já gravada"

"Hoje é um bom dia para olharmos para a frente. Os Xutos vão continuar", lê-se na publicação do Facebook da banda que esta tarde foi publicada, 39 anos depois do primeiro concerto, e muito apressado, concerto nos Alunos de Apolo, em Lisboa. "Temos entre mãos as músicas novas, muitas delas com a guitarra do Zé já gravada, estamos a contar com o disco de originais neste ano", acrescentam.

Na mesma publicação, os Xutos garantem que voltam aos concertos. "Temos alguns convites para atuações especiais de homenagem ao Zé Pedro". Explicam ainda que vão aceitar os "vários pedidos de concertos". Após a morte do guitarrista, apenas subiram ao palco no último dia do ano, em Albufeira. Ninguém substituiu Zé Pedro.

Muito partilhado e comentado, o post da banda acrescenta que "não é fácil". "A ausência pesa toneladas, sabemos que vai ser diferente, esperamos que seja bom".

Zé Pedro morreu no dia 30 de novembro, aos 61 anos. O último concerto no qual participou foi a 4 de novembro, no Coliseu de Lisboa, que assinalou o fim da digressão de 2017 ano dos Xutos & Pontapés. Tinham passado 40 anos depois de ter fundado os Xutos com Tim, Kalú e Zé Leonel, que entretanto deixou a banda.

O último disco dos Xutos, Puro, o décimo terceiro da biografia da banda, foi editado em 2014. Em 2017 foram divulgados os temas Alepo, cuja letra foi composta com frases da menina síria Bana Alabed, e Sementes do impossível para um filme de Joaquim Leitão.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Artes
Pub
Pub