Da Vinci celebrado com músicas e danças do seu tempo

Grupo italiano reconstrói festas nobres com figurinos e instrumentos da época, num espetáculo de entrada livre,

Tendo como mote Leonardo da Vinci e a arte "que se vai consumindo enquanto nasce", o grupo La Rossignol apresenta nesta quinta-feira, no Palácio Nacional da Ajuda, o espetáculo Leonardo e o seu tempo.

No ano em que se comemora o quinto centenário da morte de Leonardo Da Vinci, o grupo italiano reconstitui as danças e as músicas, os figurinos e os instrumentos da época, o final do século XV. As festas nobres apresentadas percorrem os locais por onde viveu essa grande figura do Renascimento: Florença, com danças e músicas de Lorenzo, o Magnífico, protetor de Leonardo Da Vinci; Milão, Mântua e Veneza, e por fim França, país onde residiu nos últimos anos de vida.

Leonardo e o seu tempo é um espetáculo organizado pelo Instituto Italiano de Cultura.

O génio multifacetado também foi músico, cantor, dançarino e organizou, com base no libreto de Bernardo Bellincioni, a Festa do Paraíso no Castelo Sforzesco, em Milão, nos festejos do casamento do duque Gian Sforza com Isabel de Aragão.

Leonardo e o seu tempo

La Rossignol

Quinta-feira, 23

18.30

Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa

Entrada livre

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.