Exposição com gravuras e litografias de Paula Rego em Lisboa

Uma exposição de gravuras e de litografias da artista plástica Paula Rego, que inclui as séries "Jane Eyre" (2001-2002) e "Pendle Witches" (1996), é inaugurada na quinta-feira, na sede do Centro Português de Serigrafia (CPS), em Lisboa.

A mostra, que também apresenta a série After Hogart (2000), inaugura às 18.30, e estará patente ao público até 17 de junho, de acordo com o CPS.

O humor, a provocação e o conteúdo erótico marcam a pintura de Paula Rego, cuja vida e trabalho foi alvo de um filme estreado este ano pelo filho, o realizador Nick Willing, intitulado Paula Rego, Histórias & Segredos.

Por seu lado, na Casa da Histórias Paula Rego está patente até 17 de setembro a exposição Histórias & Segredos, com uma recriação do ateliê da pintora, a série de pinturas sobre depressão e uma seleção das obras mais importantes da artista.

A mostra conta com cerca de 80 obras e ocupa as sete salas do museu, apresentando algumas pela primeira vez em Portugal, como a série Depressão, revelada em março, em Londres.

Nascida em Lisboa a 26 de janeiro de 1935, numa família de tradição republicana e liberal, Paula Rego começou a desenhar ainda criança, um talento que lhe foi reconhecido pelos professores da St. Julian"s School, em Carcavelos, e partiu para a capital britânica com 17 anos, para estudar na Slade School of Fine Art.

Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian para fazer pesquisa sobre contos infantis, em 1975, e em Londres viria a conhecer o futuro marido, o artista inglês Victor Willing, cuja obra Paula Rego exibiu por várias vezes no museu Casa das Histórias, em Cascais.

Na pintura de Paula Rego surgem diversas imagens típicas da infância, por vezes fetichistas e até traumáticas, relacionadas com a violência, e os animais são frequentemente os protagonistas da sua linguagem pictórica.

Nas últimas décadas, a pintora abordou temas políticos, como o abuso de poder, e sociais, como o aborto - sobre o qual realizou uma série de pinturas - entre outros, do universo feminino.

Em 2010 foi ordenada Dama Oficial da Ordem do Império Britânico pela rainha Isabel II, e em Lisboa recebeu o Prémio Personalidade Portuguesa do Ano atribuído pela Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal.

Paula Rego recebeu, em 1995, as insígnias de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, em 2004 a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG