julgamento

julgamento

"Manif antirracismo". Arguidos condenados a pagar multas e a penas suspensas

O Tribunal de Pequena Instância Criminal, no Campus da Justiça, em Lisboa, decidiu, esta quinta-feira, aplicar multas (entre 350 e 850 euros) e penas de prisão suspensa (até 5 meses) aos quatro detidos pela PSP durante a manifestação na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a 21 de janeiro, contra a alegada violência policial no Bairro da Jamaica do dia anterior.

jamaica

MP pede penas suspensas ou multas para detidos na "manif antirracismo"

Durante as alegações finais do julgamento sumário dos quatro detidos durante a manifestação antirracista na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a 21 de janeiro, Ministério Público pediu multas e penas suspensas para os arguidos. Já o advogado da defesa acusa agentes da PSP de prestarem depoimentos "contraditórios e não credíveis".