Torremolinos. Guerra aberta no Facebook do hotel que expulsou estudantes

Jovens estão a usar a rede social para dizer mal da unidade hoteleira que os expulsou

Baratas e formigas nos quartos. Limpeza por fazer. Comida pouco saudável. Incumprimento do que estava incluído relativamente ao que os finalistas pagaram. Estas são algumas das queixas feitas pelos estudantes portugueses que foram expulsos no fim de semana do Hotel Pueblo Camino Real, na página do Facebook da unidade hoteleira.

Uma estudante alega que os seguranças do hotel "se divertiram a fazer comentários impróprios a raparigas de 17, 18 anos". "Expulsaram também os motoristas das camionetas que nos iriam levar a casa. Eles também eram vândalos?", questiona.

Outra queixa repetida em vários comentários incide sobre as condições sanitárias do hotel, "para lá de insuficientes, desde baratas e formigas nos quartos", escreve outra estudante. "Faço esta crítica com base em agressões verbais/psicológicas e tentativa de agressão física diretamente à minha pessoa. Isto porque me dirigi ao senhor intitulado de proprietário para que este me esclarecesse acerca do motivo pelo qual havia sido encerrado o bar aberto. Este alegou que os finalistas em questão lhe tinham destruído o hotel e quando decidiu mostrar-me os danos causados, baseou-se numa cortina rasgada, beatas de cigarros, lixo no chão e copos entornados", acrescenta.

Um outro aluno acusa o hotel de ser "uma vergonha, começando no dono, seguranças e até empregadas de limpeza". "A comida era intragável e repetitiva. Comi quase todos os dias massa com massa", diz ainda.

Mas os comentários não são apenas de alunos, ou críticas negativas. Várias pessoas aproveitam o "fórum" improvisado para criticar os alunos.

"Lamentável e com vergonha de ser Português, após um bando de vândalos se ter comportado como homens e mulheres das cavernas! Falta de educação e aconselhamento parental é o que falta a esta juventude... No meu tempo, um par de chapadas na cara resolvia logo o assunto!!!", afirma um utilizador da rede social.

Mas há quem vá contra a corrente e sublinhe que é "um excelente hotel, com uma capacidade fora do comum para aturar estudantes mal-educados e mimados de todo o mundo". "Nem consigo imaginar a porcaria que terão feito. Meninos mimados e mal-educados. Que o hotel continue assim sempre. Este ano regressarei para mais umas férias fantásticas no Hotel Pueblo Camino Real. Excelente". E outros acrescentam: "Quero deixar a minha mensagem de parabéns, pela expulsão, desses jovens, Já que os pais e a 'vergonha' do país donde são naturais, não os educam, que haja alguém que lhes puxe as orelhas!".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG