Supremo rejeita recurso de Sócrates no processo contra o juiz Carlos Alexandre

Foi "negado provimento" ao recurso do antigo governante no processo que visava o juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) e a escrivã Maria Teresa Santos, revela o portal Citius.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou esta quarta-feira o recurso do ex-primeiro-ministro José Sócrates no processo contra o juiz Carlos Alexandre pela distribuição manual do caso Operação Marquês, após a Relação de Lisboa já ter decidido o arquivamento.

Segundo a informação que consta no portal Citius, foi "negado provimento" ao recurso do antigo governante no processo que visava o juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) e a escrivã Maria Teresa Santos, numa decisão assinada pela juíza conselheira relatora Helena Isabel Moniz e pelos adjuntos António Gama e João Guerra.

O Tribunal da Relação de Lisboa negou no passado dia 06 de maio levar a julgamento Carlos Alexandre e Maria Teresa Santos, que eram acusados dos crimes de abuso de poder, falsificação por funcionário e denegação de justiça em relação à distribuição manual do processo Operação Marquês, ocorrida em 2014.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG