Prisão preventiva para suspeito de 29 anos por violência doméstica à avó

Segundo a GNR, o suspeito ameaçava e exercia violência psicológica sobre a vítima, sua avó de 71 anos.

Um homem de 29 anos, residente no concelho da Guarda, ficou em prisão preventiva após ser detido pela GNR por suspeita de violência doméstica sobre a sua avó, de 71 anos.

Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem foi detido na quarta-feira, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no âmbito de uma investigação por violência doméstica.

"Os militares da Guarda apuraram que o suspeito ameaçava e exercia violência psicológica sobre a vítima, sua avó, de 71 anos", adiantou a GNR em comunicado.

De acordo com a nota, "na sequência das diligências de investigação e atendendo ao escalar da violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção fora de flagrante" delito.

O detido foi presente, na quinta-feira, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial da Guarda, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG