Prisão preventiva para homem que violou grávida na noite de fim de ano

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial ainda no sábado, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

Um homem de 27 anos encontra-se em prisão preventiva depois de ser identificado e detido pelo crime de violação de uma mulher grávida, companheira de um colega de casa do suspeito, anunciou este domingo a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ avançou que o crime aconteceu pela hora de jantar da passagem de ano, em 31 de dezembro, numa casa onde viviam várias pessoas em regime de arrendamento, tendo o abusador "aproveitado a ausência do companheiro da vítima, de 26 anos e com uma gravidez de cerca de seis meses de gestação".

Com o apoio da PSP, a Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo levou a cabo a investigação, que permitiu vir a deter o suspeito nas primeiras horas da madrugada de sábado, dia 01 de janeiro.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial ainda no sábado, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG