PJ detém homem suspeito de atear fogo em Amarante

O suspeito de provocar o incêndio que pôs em perigo várias habitações tem 65 anos.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 65 anos, suspeito de ter provocado um incêndio que colocou em perigo várias habitações em Travanca, em Amarante, informou esta segunda-feira aquela polícia de investigação.

Em comunicado, a PJ descreve que procedeu à detenção "fora de flagrante delito" de um homem pela autoria de um crime de incêndio florestal ocorrido no domingo.

"O incêndio pôs em perigo várias habitações e uma mancha florestal considerável", lê-se no comunicado.

Ainda de acordo com a PJ, o fogo só não terá atingido maiores proporções graças "à rápida intervenção dos bombeiros e populares ali residentes".

O incêndio deflagrou em Travanca, localidade de Vila Meã, em Amarante, no distrito do Porto.

O suspeito não tem antecedentes criminais e é residente na área onde foi provocado o incêndio.

Sem adiantar datas, a PJ aponta que o homem será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG