PJ detém em Évora homem condenado a prisão no Brasil por abuso sexual de menor

Homem estava a ser procurado pelas autoridades do Brasil para cumprir uma pena de oito anos de prisão pelo crime de abuso sexual de menor de 14 anos. Estava, desde 2019, foragido em Portugal, refere a PJ.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira ter detido, em Évora, um homem, de 34 anos, procurado pelas autoridades brasileiras para cumprir uma pena de oito anos de prisão por abuso sexual de um menor de 14 anos.

Em comunicado, a PJ explicou que, através da Unidade Local de Investigação Criminal (ULIC) de Évora, o homem, julgado e condenado no Brasil, em 2017, sendo procurado pela INTERPOL, foi agora localizado e detido nesta cidade alentejana.

Contactada pela Lusa, fonte policial indicou que o indivíduo, de nacionalidade brasileira, foi detido, esta terça-feira, e que já foi presente ao Tribunal da Relação de Évora.

"Ficou em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Beja", a aguardar o desenrolar e conclusão do processo de extradição para o seu país de origem, acrescentou a mesma fonte.

No comunicado, a PJ explicou que o homem estava a ser procurado pelas autoridades do Brasil, para o cumprimento da sentença de oito anos de prisão pelo crime de abuso sexual de menor de 14 anos.

O indivíduo tinha "relações de parentesco" com a criança que abusou sexualmente, acrescentou à Lusa a fonte policial.

O detido estava, desde 2019, foragido em Portugal, revelou ainda a Polícia Judiciária, no comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG