Freira hospitalizada com queimaduras após incêndio em colégio

Um incêndio deflagrou ao inicio da tarde num edifício do Colégio Flori, no Porto, na zona da Foz

O incêndio que deflagrou a início da tarde de hoje no Colégio Flori, no Porto, "já está extinto" e em fase de rescaldo e ventilação, adiantou à Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores do Porto.

Segundo aquela fonte, duas freiras, Irmãs Missionárias Dominicanas do Rosário, foram assistidas no local e uma terceira "foi conduzida ao Hospital com queimaduras na face e num membro superior".

O alerta para o fogo foi dado às 12:47: "O fogo começou no segundo andar, estendeu-se ao terceiro andar mas já está extinto e está a fazer-se o rescaldo e posterior ventilação", disse.

As causas do incêndio não são ainda conhecidas mas, segundo aquela fonte, "ao que tudo indica estará um problema elétrico na origem do fogo".

No local estiveram os Bombeiros Sapadores do Porto, com 13 operacionais e quatro viaturas, os Bombeiros Voluntários portuenses, com sete operacionais, uma ambulância e uma viatura de combate a incêndios e quatro agentes da PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG