Homem detido por suspeitas de atear fogo em Lamego

O homem detido tem 59 anos e é suspeito da autoria de um incêndio que "colocou em perigo uma densa mancha florestal, habitações, um parque eólico e ainda a infraestrutura da A24 e respetivo tráfego", indica a PJ.

Um homem, de 59 anos, foi detido pela presumível autoria de um incêndio florestal que deflagrou, em 13 de agosto, no concelho de Lamego, distrito de Viseu, anunciou esta quinta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

"O incêndio colocou em perigo uma densa mancha florestal, habitações, um parque eólico e ainda a infraestrutura da A24 [Autoestrada 24] e respetivo tráfego, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida deteção e intervenção de várias cooperações de bombeiros e dois meios aéreos", explica a PJ, em comunicado.

Segundo esta força de investigação criminal, o incêndio teve início pelas 11:00 de 13 de agosto e consumiu "área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato".

A detenção esteve a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real da PJ, com a colaboração de militares da GNR do posto de Lamego.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG