Homem detido em Mirandela por ocultar cadáver da mãe

Cadáver da mulher de 70 anos foi descoberto esta sexta-feira, em avançado estado de composição.

Um homem de 50 anos foi hoje detido, em Mirandela, no distrito de Bragança, por ter o cadáver da mãe em casa em avançado estado de composição, segundo informação divulgada pelas autoridades.

Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) dá conta de que o cadáver foi descoberto esta sexta-feira, na sequência da comunicação do desaparecimento da mulher de 70 anos, alegadamente feita por vizinhos.

Mãe e filho viviam numa casa num local isolado da cidade de Mirandela e a mulher já não seria vista pelos vizinhos há vários meses, segundo avança o Jornal de Notícias, que atribui a ocultação do cadáver à intenção do filho continuar a receber a reforma da mãe.

A autópsia irá determinar se a causa da morte foi ou não natural.

O homem é, para já, apenas suspeito da autoria do crime de profanação de cadáver e irá ser presente a interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG