Funcionário de escola em Évora suspeito de abuso sexual de menores

Treinador e funcionário do Externato Oratório de São José - Salesianos de Évora, com cerca de 50 anos, está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

Um funcionário de uma escola particular de Évora, com cerca de 50 anos, está a ser investigado por suspeitas da prática de abuso sexual de menores, revelaram esta sexta-feira à agência Lusa fontes policiais e judiciais.

O jornal Correio da Manhã avançou esta sexta-feira que um treinador e funcionário do Externato Oratório de São José - Salesianos de Évora está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de abuso sexual de menores.

Contactadas pela Lusa, fontes policiais e judiciais confirmaram a investigação, que está a cargo da PJ e do Ministério Público (MP) e no âmbito da qual foram já ouvidos alunos, pais e funcionários do colégio dos Salesianos.

O funcionário da escola, também treinador de futebol, é suspeito de interagir e trocar mensagens com alunos, cujo conteúdo "pode estar na fronteira do aliciamento sexual", disseram à Lusa as mesmas fontes.

O homem, que trabalha naquele estabelecimento de ensino "há muitos anos", já foi suspenso de funções pela direção da escola e constituído arguido, mas encontra-se em liberdade, revelaram.

A investigação em curso "visa apurar se houve ou não comportamentos que sejam considerados abusivos por parte do suspeito em relação aos alunos da escola e a outros jovens", acrescentaram as fontes.

A Lusa tentou contactar a escola particular, mas sem sucesso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG