Dez mortos e 1.592 acidentes nas estradas portuguesas entre 1 e 5 de outubro

Houve ainda 26 feridos graves e 534 feridos ligeiros.

A GNR e a PSP registaram, entre 1 e 5 de outubro, 1.592 acidentes de que resultaram 10 vítimas mortais, mais seis do que no período homólogo, no âmbito da campanha de segurança rodoviária "Taxa Zero ao Volante" realizada .

Segundo um balanço conjunto da Guarda Nacional Republicana (GNR), Polícia de Segurança Pública (PSP) e Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), divulgado esta quarta-feira, durante a campanha foram registados 1.592 acidentes que causaram 10 mortos, 26 feridos graves e 534 feridos ligeiros.

Relativamente ao período homólogo de 2020, verificaram-se mais 127 acidentes, mais seis vítimas mortais, mais um ferido grave e mais 128 feridos ligeiros.

A GNR e a PSP fiscalizaram no continente 31.779 veículos, tendo sido registadas um total de 5.517 infrações, das quais 567 relativas à condução sob o efeito do álcool.

A Campanha de Segurança Rodoviária "Taxa Zero ao Volante" teve como objetivo alertar os condutores e todos os ocupantes dos veículos para os riscos da condução sob a influência do álcool.

Inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021, a campanha foi divulgada nos meios digitais e através de quatro ações de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização realizadas pela GNR pela PSP, nos distritos de Lisboa, Coimbra e Porto.

Na campanha foram sensibilizados 400 condutores e passageiros a quem foram transmitidas mensagens sobre os riscos da condução sob efeito do álcool.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG