Expectativa: Cientistas tentam confirmar ondas gravitacionais de Einstein

Poderá estar por horas a confirmação da existência das ondas gravitacionais, um fenómeno que, caso seja comprovado, representa um importante passo na descoberta do cosmos

Um grupo de cientistas do Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory (LIGO) vai anunciar, esta quinta-feira, se conseguiu confirmar, ou não, a teoria do físico Albert Einstein sobre a existência das ondas gravitacionais, uma parte da sua Teoria da Relatividade.

As ondas gravitacionais são pequenas ondulações provocadas no tecido do espaço-tempo quando um corpo com massa é acelerado - resultam dos maiores cataclismo dos universo, como a colisão de dois buracos negros. Ou seja, a teoria pode ser comparada às ondas que se formam na água, quando se arremessa uma pedra. As ondas em si nunca foram vistas, mas foram previstas por Einstein em 1916. Um século depois ainda ninguém conseguiu demonstrar que o cientista tinha razão - nem que não tinha.

Se for possível comprovar a sua existência, será uma das mais importantes descobertas científicas. egundo várias publicações, a descoberta abriria novas perspetivas sobre o universo mostrando que tais ondas existem em locais como a área em torno de buracos negros no início da criação, preenchendo um enorme vazio na compreensão da formação do nosso universo.

As conferências de imprensa dos cientistas do LIGO - e também de colegas de Espanha e Itália - estão marcadaa para as 15.30 (hora de Lisboa) e espera-se um importante anúncio. O físico teórico Lawrence Krauss, da Universidade Estatal do Arizona, partilhou hoje uma mensagem em que diz que os rumores se confirmam. Krauss não está envolvido no projeto mas cita "fontes independentes".

O anúncio é muito esperado, mas com bastante cautela, uma vez que em 2014 uma equipa anunciou a descoberta destas ondas, num artigo que depois não resistiu à revisão científica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG