PCP diz que sociais-democratas nada aprenderam com derrota

"A mesma festa, os mesmos foguetes e os mesmos protagonistas", disse João Frazão.

O dirigente do PCP João Frazão considerou hoje que o congresso do PSD representou uma repetição da história, com "a mesma festa, os mesmos foguetes e os mesmos protagonistas", e mostra que nada aprendeu com a derrota nas legislativas.

"O PSD não aprendeu nada com a derrota que sofreu no dia 04 de outubro [de 2015] nas legislativas, derrota que aliás parece que insiste em não reconhecer", afirmou João Frazão, em declarações aos jornalistas no encerramento do 36.º Congresso do PSD que terminou esta tarde em Espinho, no distrito de Aveiro.

Considerando que os sociais-democratas não têm "emenda", o dirigente comunista acusou o PSD de insistir no "caminho de desastre", de "empobrecimento e ataque aos serviços públicos".

"[Passos Coelho] diz que não tem uma querela com a Constituição, mas depois descascou-a de tal maneira que a deixaria no osso se fosse possível esta política que ele hoje anunciou", acrescentou, avisando que os comunistas não estão disponíveis para a reforma da Segurança Social proposta pelo PSD, que representa uma "destruição de facto da Segurança Social pública".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG