Rio encerra congresso desafiando Governo para reforma da Segurança Social

Novo líder do PSD crítico da ação do atual governo defende reformas

Um desafio do PSD "ao Governo, aos demais partidos e aos parceiros sociais" para uma "reforma que confira justiça, racionalidade económica e sustentabilidade à nossa Segurança Social", foi a principal - senão mesmo a única - novidade do discurso com que o novo líder do PSD encerrou, na FIL da Junqueira, em Lisboa, o 37º congresso nacional do partido.

Fechando uma cerimónia que ficou marcada pelos apupos à ex-bastonária dos advogados Elina Fraga, agora vice-presidente do partido, Rio defendeu também reformas na área da Educação, da descentralização e desconcentração do Estado, da economia e das contas públicas e nas questões da demografia.

Agora sendo já em plenitude de funções o 18º líder do PSD, Rui Rio voltou outra a fazer insistentemente a pedagogia do diálogo interpartidário: "Há estrangulamentos que não são passíveis de serem resolvidos sem a colaboração de todos porque são questões de ordem estrutural que só com entendimentos alargados o país conseguirá ultrapassar".

Ou, dito de outra forma: "Se não houver coragem de enfrentar os mais pesados problemas de Portugal não será nunca por falta de empenho, dedicação e abertura ao diálogo por parte do PSD".

O discurso final de Rio foi todo virado para o país - ou seja, sem recados internos, nomeadamente de resposta ao ex-líder parlamentar Luís Montenegro, que no sábado não só anunciou a sua renúncia ao mandato de deputado como também que será uma reserva para o futuro do PSD. João Pedro Henriques

Leia em baixo todos os acontecimentos deste dia:

Ler mais

Exclusivos

Premium

António Araújo

Ex-votos

No Estio de 1736, em dia que se ignora, saiu em sua mulinha o beneficiado Manuel Antunes, natural de Barbacena. No caminho das Portas da Esquina para a Horta dos Passarinhos havia uma ladeira pedregosa e íngreme, onde se lhe espantou a mula, por razões desconhecidas. Uma e outra vez caiu ao chão o clérigo, ficando muito ferido, e em muita aflição. Naquele aperto, suplicou aos céus, salvou-se. Em cumprimento da promessa feita, mandou reparar a tosca cruz que por lá havia, campos da Torre das Arcas. O lugar rapidamente ganhou fama de milagreiro. Fez-se então a romaria que ainda hoje perdura. E ergueu-se a ermida que tem o nome de Igreja do Senhor Jesus da Piedade de Elvas.

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Saúde e sustentabilidade democrática 

Penso que não há ninguém que refute que uma das características indissociáveis de toda e qualquer sociedade democrática é a sua capacidade de debater, de uma forma que se quer construtiva e evolutiva, também sobre si mesma e os seus índices de desenvolvimento. Na nossa perspetiva ocidental e europeia, o conceito de democracia parece já enraizado por todos e em todos, ao ponto da quase estagnação. Mas será aconselhável estarmos, enquanto país ou até como membro integrante da união política e económica, tão descansados assim?

Premium

Adriano Moreira

A ambiguidade da política

Além do sentido académico da palavra, designando o pensamento político, "teorias políticas", "filosofia política", "ciência política", tal sentido afasta-se do exercício dos que a praticam, tendo em vista o poder de governar. Dão-se exemplos como o de Lord Butler, que a definiu como "arte do possível", cinicamente como D'Israeli, que a definiu como a arte de governar os cidadãos desiludindo-os, ou, finalmente, e cobrindo intenções menos tranquilizantes, entendendo-a com Hitler, como a arte de mobilizar uma nação para defender a sua existência. Em todo o caso, o mais corrente, entre estadistas responsáveis, é entender a política como a arte de conciliar interesses opostos.

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.