PCP votou contra o voto de pesar pela morte de Belmiro de Azevedo

Parlamento aprovou um voto de pesar pela morte de Belmiro de Azevedo, no entanto a votação não foi unânime.

O PCP votou contra o voto de pesar pela morte de Belmiro de Azevedo enquanto BE e Verdes se abstiveram. As restantes bancadas parlamentares (PSD, CDS, PS e PAN) votaram a favor o que conduziu à aprovação do voto de pesar, apresentado pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

O texto dizia que "o país continua a olhar para a Sonae como um referencial de criação de riqueza e emprego, na certeza de que continuará a procurar os melhores padrões de inovação empresarial e responsabilidade pessoal".

O texto também salienta que a fortuna de Belmiro de Azevedo "não foi herdada mas antes construída a partir da formação académica, da capacidade de trabalho e de um inegável sentido de inovação".

Ler mais

Exclusivos