Ex-comandante nacional da Proteção Civil contratado como assessor

Rui Esteves foi contratado para serviços de "assessoria técnica" na Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa pelo valor de 35 mil euros

O ex-comandante nacional da Proteção Civil, Rui Esteves, deixou o cargo a 14 de setembro do ano passado, na sequência de notícias sobre a sua licenciatura. Quatro meses depois é contrato para prestar serviços de assessoria na Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), noticia esta quinta-feira o Público.

Foi contratado para prestar serviços de "assessoria técnica" aos seis municípios da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa na "área da proteção civil e defesa da floresta contra incêndios", durante um ano

De acordo com o jornal, o histórico socialista e próximo do antigo primeiro-ministro José Sócrates, Joaquim Mourão, secretário executivo na CIMBB, contratou, em janeiro, Rui Esteves pelo valor de 35 mil euros.

O ex-comandante nacional da Proteção Civil foi contratado para prestar serviços de "assessoria técnica" aos seis municípios da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa na "área da proteção civil e defesa da floresta contra incêndios", durante um ano.

Segundo o Público, o contrato foi feito por ajuste direto e consiste em "assegurar a colaboração com os serviços municipais de proteção civil, tendo em vista o cumprimento dos planos de emergência e programas estabelecidos, bem como nas operações de protecção e socorro".

O diário adianta ainda que os 35 mil euros vão ser pagos de forma faseada: 25% do valor após a entrega do cronograma de trabalhos; igual percentagem três meses depois após a assinatura do contrato; 20% seis meses após a assinatura do contrato; e 10% 12 meses após a assinatura do contrato.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG