Estátua que caiu e feriu uma jovem estava em mau estado

Figura d'O Ardina apresentava sinais de deterioração. Jovem turista sofreu ferimentos ligeiros

A estátua d'O Ardina da Praça da Liberdade, no Porto, não terá caído por um ato de vandalismo, mas por estar em alegado mau estado de conservação. Essa é pelo menos a versão dos acontecimentos da PSP, citada pelo jornal Público, que contradiz o relato de uma testemunha que contou ao Jornal de Notícias que a culpa teria sido de um grupo de turistas.

A queda da estátua causou "ferimentos ligeiros" numa turista alemã, que saiu pelo próprio pé do local.

O Ardina, da autoria do escultor Manuel Dias, estava na praça desde 1990. É uma homenagem aos antigos vendedores de jornais. A figura segura um exemplar do Jornal de Notícias e estava encostada a um marco de correio.

Segundo a PSP, a estátua de bronze já não estaria suficientemente estável e terá cedido no momento em que a jovem se encostou. Depois de derrubada, a estátua que não apresenta outros danos foi recolhida pelos serviços municipais.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG