Carrilho acusa governo de apoiar Bárbara Guimarães

Carrilho afirma que presença da ex-mulher em evento contra a violência doméstica promovido por secretaria de Estado representa "apoio encapotado de um membro do governo".

Em conferência de imprensa, Manuel Maria Carrilho manifestou publicamente a sua indignação contra a participação da ex-mulher nas III Jornadas Nacionais contra a Violência Doméstica, no passado dia 4 novembro, e que foram organizadas pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, entidade tutelada pela Secretaria de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade.

O antigo ministro da cultura e militante do Partido Socialista afirmou estar "indignado" com "esta ilegítima interferência do Governo na esfera da justiça", uma vez que Carrilho e Bárbara Guimarães estão envolvidos em vários processos-crime e processos cíveis, ainda em curso nos tribunais, decorrentes do seu divórcio, que aconteceu há um ano.

Leia mais na edição em papel do DN de amanhã, 12 de novembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG