Camionista português morre em Saragoça

O homem era natural de Coimbra e despistou-se na viagem de regresso a Portugal

Um camionista português de 58 anos morreu, quinta-feira, na autoestrada A-2, em Espanha, entre as localidades de Alhama de Aragón e Cetina, na zona de Saragoça, depois do véiculo se ter despistado e capotado.

A notícia, avançada pelo Diário de Coimbra, refere que a vítima mortal é Carlos Lourenço Queirós, trabalhador na empresa Dias & Filhos e natural de Coselhas, em Coimbra, onde residia.

O acidente, de acordo com a imprensa local, como o jornal Heraldo, ocorreu cerca das 15h10 horas (14h10 em Portugal continental), ao quilómetro 206. O português fazia a viagem de regresso para Portugal e acabou por atravessar toda a estrada, mesmo a via no sentido oposto, "e colidido, de forma lateral e já virado, numa rocha que serve como limite à estrada".

De acordo com a Guarda Civil espanhola, o acidente não envolveu mais veículos.

No local estiveram bombeiros, paramédicos e a polícia de Saragoça.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG