Mulheres de Hollywood dizem não a botox, peelings e bisturis

Celebridades vêm a público manifestar a sua oposição em relação a intervenções estéticas e à ditadura da juventude. Julianne Moore, Kate Winslet e Salma Hayek encabeçam a lista

Numa altura em que o recurso à cirurgia estética acontece numa idade cada vez mais precoce (veja-se o caso de Kylie Jenner, adorada por milhões de adolescentes, que, com apenas 17 anos, se submeteu a uma intervenção para aumentar o volume dos lábios), há nomes consagrados da Sétima Arte que usam o seu peso mediático para se manifestarem publicamente contra a ditadura da juventude a qualquer custo.

"Como uma droga." É assim que Halle Berry descreve a dependência das cirurgias plásticas que existe em Hollywood. "Quando vemos toda a gente à nossa volta a fazê-lo, temos momentos em que pensamos "será que preciso de fazer a mesma coisa para sobreviver neste meio?"", explica a atriz em entrevista a portal de beleza Yahoo! Beauty. Berry, 49 anos, que venceu um Óscar pelo seu desempenho em Monster"s Ball - Depois do Ódio, admitiu já ter considerado recorrer à cirurgia plástica "por influência de terceiros". "Há sempre alguém a sugerir-mo. É como se me estivessem a forçar a consumir droga. Tenho de, continuamente, relembrar-me de que somos nós que construimos o conceito de beleza e que isso não tem tanto que ver com a parte física", explicou Halle Berry.

Mãe de duas crianças (Nahla, de 8 anos, e Maceo, de 2), a atriz afirma o óbvio: "O envelhecimento acontece a toda a gente." "Quero parecer-me comigo, mesmo que isso seja uma versão mais velha de mim mesma. Acho que quando se fazem demasiadas cirurgias estéticas acaba-se com o aspeto de outra pessoa."

Kate Winslet é uma das celebridades que mais têm falado publicamente contra a obsessão por cirurgias plásticas em Hollywood. Em 2011, em entrevista ao diário britânico The Telegraph, a atriz de 40 anos chegou mesmo a afirmar que tais procedimentos vão contra os seus "valores morais". E fez uma promessa. "Jamais irei ceder. Sou atriz, não quero congelar as expressões do meu rosto", afiançou Winslet.

Aos 49 anos, Salma Hayek é considerada não só uma das melhores atrizes da sua geração mas também uma das mais belas. Hayek garante que, consigo, não há "acertos cirúrgicos nem botox". "Acho terrível estas miúdas ainda na casa dos 20 a injetarem as caras e os lábios. Uma disse-me "se matar os meus músculos agora, nunca terei rugas". Dá para imaginar?", questionou Salma Hayek em entrevista à revista InStyle.

Vencedora de um Óscar pelo seu desempenho no filme O Meu Nome É Alice, Julianne Moore não poupa críticas às estrelas que recorrem à botulina para atenuar as rugas. "Detesto condenar as pessoas por o fazerem, mas não acredito que fiquem com melhor aspeto", afirmou a atriz de 55 anos à Allure. "Acho que ficam com o aspeto de quem andou a fazer alguma coisa ao rosto. Quando olhamos para a cara de alguém que fez uma intervenção, parece apenas estranho", acrescentou ainda Julianne Moore.

Amanda Peet, 44 anos, garantiu em entrevista à rádio SiriusXM que nunca aderiu à moda do botox. "Nunca fiz nenhum procedimento invasivo à minha cara." Peet, que integra o elenco da série Togetherness, explicou ainda que o facto de ser mãe pesou na decisão de não se submeter a intervenções cirúrgicas. "Acho que tem que ver com o facto de ter duas meninas", disse Peet (que tem três filhos, Frances, de 9 anos, Molly, de 5, e Henry, de 15 meses). "Acho que sou medrosa! É também por isso que nunca consumi cocaína", brincou a atriz. Amanda admitiu, contudo, que gasta "muito tempo e dinheiro" a fazer "coisas" para conservar a sua "beleza natural" e que se considera uma "pessoa vaidosa".

Julia Roberts (rosto de várias campanhas de produtos de cosmética) ironizou, em entrevista à You Magazine, sobre a sua atitude desafiadora relativamente às cirurgias estéticas. "Pelos padrões de Hollywood, já corri um grande risco ao não fazer um lifting."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG