Repetição das presidenciais na Áustria marcada para 2 de outubro

Segunda volta das presidenciais foi anulada pelo Tribunal Constitucional devido a irregularidades no processo de contagem dos votos por correio

A Áustria realiza a 2 de outubro a repetição da segunda volta das eleições presidenciais, anulada pelo Tribunal Constitucional na sequência de uma queixa da extrema-direita, anunciou hoje o chanceler, Christian Kern.

"Tivemos de tomar hoje a decisão de realizar a eleição presidencial a 2 de outubro. Como podem imaginar, foi uma decisão relativamente fácil", disse Kern à imprensa depois de uma reunião do governo.

Na sexta-feira passada, o Tribunal Constitucional da Áustria decidiu anular a segunda volta das presidenciais, realizada a 22 de maio, e ordenar a sua repetição devido sobretudo a irregularidades no processo de contagem dos votos por correio.

O coletivo de 14 juízes deu razão ao Partido da Liberdade da Áustria (FPÖ, extrema-direita) e ao seu líder, Heinz Christian Strache, que impugnaram o resultado da votação.

Na volta anulada, o candidato da extrema-direita, Norbert Hofer, perdeu por escassa margem para o ecologista Alexander Van der Bellen, com 49,65% e 50,35% dos votos, respetivamente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG