Rebeldes matam 22 apoiantes do presidente com mísseis em mesquita

Vítimas estavam a rezar. Há ainda um número indeterminado de feridos

Pelo menos 22 combatentes apoiantes do Presidente do Iémen, Abdo Rabu Mansur Hadi, foram mortos num ataque à mesquita dentro do quartel militar, na província de Mareb, no oeste do país.

De acordo com a agência de notícias do país, Sana, dois mísseis balísticos foram lançados pelos rebeldes hutis contra a mesquita do quartel quando os militares estavam na oração do meio dia.

De acordo com a Sana, há ainda um número indeterminado de feridos e vários estão em estado crítico.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG