Obama confirma no Twitter que irá a Cuba no mês de março

Visita oficial do presidente Obama e da primeira-dama, Michelle, está marcada para os dias 21 e 22 de março

"No próximo mês, viajarei para Cuba para avançar nos progressos e esforços que podem melhorar a vida do povo cubano". Foi através de uma publicação no Twitter que Barack Obama, o presidente dos Estados Unidos da América, confirmou a notícia que estava a ser avançada pela imprensa local nas últimas horas.

A CNN e a ABC News foram as primeiras a dar a notícia: Obama será o primeiro presidente norte-americano a pisar a ilha em mais de 80 anos.

Numa série de mensagens partilhadas na rede social, Obama falou do processo de restabelecimento das relações entre os EUA e Cuba, remetendo os seguidores para um link onde são detalhadas as razões da sua visita. "Há 14 meses, anunciei que iria começar a normalizar as relações com Cuba e já fizemos progressos significativos. A nossa bandeira voa sobre a embaixada em Havana mais uma vez. Mais americanos estão a viajar para Cuba agora do que nos últimos 50 anos", escreveu o presidente. "Ainda temos diferenças com o governo cubano, que abordarei de forma direta. A América defenderá sempre os direitos humanos em todo o mundo".

A viagem de Obama já era aguarda desde dezembro de 2014, altura em que EUA e Cuba anunciaram o restabelecimento de relações diplomáticas, terminando com meio século de tensões. Desde então, as restrições às ligações aéreas entre os dois países foram aliviadas e os canais económicos foram reabertos, tendo Obama já reunido com Raúl Castro, atual líder cubano, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, em setembro do ano passado.

Segundo um comunicado da Casa Branca, Obama viajará para Cuba a 21 de março e lá permanecerá por uma noite. Presidente e primeira-dama seguirão depois para a Argentina, onde ficarão dois dias em visita oficial.

"Em Cuba, o presidente trabalhará para construir sobre o progresso que fizemos pela normalização das relações com Cuba, avançando nos laços comerciais e sociais que possam melhorar o bem-estar dos cubanos e expressar o nosso apoio pelos direitos humanos", acrescenta o comunicado. "Além de participar numa reunião bilateral com o presidente de cuba Raúl Castro, o presidente Obama conversará com membros da sociedade civil, empresários, cubanos com diferentes formas de vida. A visita histórica, a primeira de um presidente em funções em quase 90 anos, é outra demonstração do compromisso do presidente para dar novo curso às relações entre Cuba e os Estados Unidos da América e ligar os cidadãos de ambos os países através da viagem, comércio e acesso à informação", resume a declaração.

O último presidente em funções a visitar Cuba foi Calvin Coolidge, em 1928. "O presidente Coolidge viajou para Cuba num navio de guerra, esta será uma visita muito diferente", garante a página onde são explicados os pormenores da viagem de Obama.

Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, esteve em Cuba em 2002, mas numa viagem privada de seis dias a convite de Fidel Castro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG