Frank Cali, o líder mafioso da família Gambino, morto a tiro em Nova Iorque

O crime aconteceu em Staten Island, em frente da vivenda onde vivia o chefe da família que chegou a ser considerada a maior organização criminosa dos Estados Unidos

O chefe da máfia Frank Cali, líder da família Gambino, foi morto a tiro na noite desta quarta-feira diante de sua casa em Nova Iorque, informou a polícia norte-americana.

Cali, de 53 anos, foi baleado seis vezes no peito e, de acordo com alguns relatos, também foi atropelado pela carrinha conduzida pelos seus supostos assassinos. O líder mafioso foi transferido para o Hospital da Universidade de Staten Island, onde foi declarado morto.

O crime ocorreu em frente da sua vivenda, no bairro de Todt Hill, em Staten Island, conhecido pela influência de mafiosos. A família Gambino, uma das cinco que compõem a máfia siciliana de Nova Iorque, chegou a ser considerada a maior organização criminosa dos Estados Unidos dedicada a todos os tipos de atividades ilícitas até à sua queda nos anos 90.

O homicídio de Cali é o primeiro em décadas de um chefe da máfia em Nova Iorque e o de maior impacto na família Gambino desde 1985, quando John Gotti ordenou a morte do então líder Paul Castellano para tomar o poder da organização.

Ler mais

Exclusivos