Alemanha "assume total responsabilidade pelos crimes" nazis na Grécia

Presidente alemão já tinha pedido desculpa publicamente "em nome da Alemanha" às famílias das vítimas de um massacre cometido pelo exército da Alemanha na Grécia durante a Segunda Guerra Mundial.

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou hoje em Atenas que a Alemanha "assume total responsabilidade pelos crimes" cometidos pelos nazis na Grécia.

"Nós assumimos total responsabilidade pelos crimes cometidos pelos Nacional-Socialistas na Grécia", referiu Angela Merkel, segundo a televisão pública ERT, acrescentando que o apoio de Berlim à Grécia é feito "para o benefício de ambos os países, Grécia e Alemanha".

Durante o seu encontro com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, na noite de quinta-feira, a chanceler alemã elogiou os sacrifícios dos gregos durante a crise e reconheceu a coragem do Governo da Grécia na questão crucial do novo nome da Macedónia (República da Macedónia do Norte).

Em 2014, o antigo presidente alemão Joachim Gauck pediu publicamente "perdão em nome da Alemanha" às famílias das vítimas de um massacre cometido pelo exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial nas montanhas do norte da Grécia.

O pedido de indemnização financeira reivindicado à Alemanha em compensação pelos crimes cometidos durante a ocupação do país pelos nazis (1941-1944) e um empréstimo exigido por Berlim à Grécia em 1942 representam um antigo debate na Grécia, revivido devido à crise da dívida nos últimos anos.

Angela Merkel termina hoje uma visita de dois dias a Atenas, cinco anos após a última visita, marcada por manifestações de protesto relacionadas com a austeridade imposta à Grécia durante a designada crise da dívida.

Segundo a agência de notícias France-Presse, a chanceler alemã irá reunir-se com o Presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos e ainda com o líder da oposição de direita Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis.

Exclusivos