Baleia Azul. Autoridades de vários países alertam para perigos do jogo

Forças policiais de vários países aconselham os pais a vigiarem atividades dos filhos na internet

O jogo online Baleia Azul tem preocupado as autoridades de vários países pela forma como termina: o participante suicida-se. O Blue Whale Challenge, como também é chamado nas redes sociais, consiste numa série de 50 desafios que devem ser cumpridos em 50 dias e tem atraído jovens e adolescentes de vários países.

Há casos de suicídios que têm sido relacionados a este jogo na Rússia, no Brasil, no México, no Chile e na Colômbia, mas é difícil provar uma ligação direta aos desafios do "jogo da morte", segundo a BBC.

Há muitos grupos do jogo Baleia Azul nas redes sociais só falados em português, inglês, francês, russo, castelhano e outros idiomas. Só um dos grupos de Espanha encontrados pela BBC tinha mais de 15 mil membros.

As autoridades do Reino Unido, França, Espanha e Brasil têm emitido alertas em que pedem que os pais controlem as atividades dos filhos na internet e que os jovens não cedam à pressão para cumprir estes desafios.

"Não se deixem influenciar. Nenhum desafio vale a vossa vida", disse a polícia nacional francesa numa mensagem divulgada pelo Twitter. Na mesma publicação, a polícia alertou que o incentivo ao suicídio é punido por lei.

A polícia britânica também está preocupada com a situação e, segundo a BBC, várias forças de segurança têm alertado os pais. O Centro de Exploração Infantil e de Proteção online, a cargo do governo britânico, aconselhou os pais a conversarem com o filhos e a prestarem atenção a mudanças de comportamento, mas sem alarmismos.

A polícia nacional espanhola também reagiu e pediu, pelo Twitter, que os pais ensinem os filhos a usar as redes sociais de forma segura. "Fala com os teus filhos. Evita que caiam em "jogos" perigosos", dizia a mensagem das autoridades.

Esta quinta-feira, uma jovem portuguesa de 18 anos atirou-se de um viaduto para a linha férrea e poderá ser a primeira vítima da Baleia Azul em Portugal. A rapariga está internada no Hospital de Faro.

Segundo o El País, também em Espanha está uma jovem internada por ter alegadamente participado no jogo. A rapariga de 15 anos é também a primeira vítima dos desafios conhecida no país vizinho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG