Óbito/Belmiro de Azevedo: Com a sua morte "parte um dos melhores" - Artur Santos Silva

Artur Santos Silva, fundador do BPI, disse hoje, referindo-se a Belmiro de Azevedo, que "morreu um dos melhores, uma pessoa que é uma referência por tudo o que fez".

Em declarações à saída velório que decorre desde as 21:00 na Igreja do Cristo Rei, no Porto, o antigo banqueiro afirmou do empresário que "foi um homem que sempre valorizou as grandes causas, a educação, o empreendedorismo e a sua carreira", considerando-o "o maior empresário da sua geração".

"Era uma pessoa que estava sempre à frente do seu tempo e que procurava que o nosso país, fosse um país melhor", afirmou Artur Santos Silva, acrescentando que o "Impressionou sempre muito a sua grande independência e grande transparência, sendo que com ele a política e os negócios nunca estiveram do mesmo lado".

Santos Silva prossegui, afirmando que Belmiro "foi seriamente prejudicado em dois casos muito importantes, primeiro na privatização da Portucel de depois com o que se passou com a PT, que é uma história triste", recordou.

No desporto, lembrou o seu amigo de longa data, "fez também obras extraordinárias, criando a secção de natação do FC Porto, chamando professores de altíssima qualidade" que colocaram o clube no topo da modalidade a nível nacional.

"Ao longo da vida desenvolvemos uma amizade estreita e tinha por ele uma grande estima e admiração", frisou Artur Santos Silva para quem "o seu exemplo vai seguramente estimular sempre muito" quem cá fica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG