SPMI desafia os portugueses no Dia Mundial da Diabetes

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) anunciou hoje que vai promover em 14 de novembro uma ação de sensibilização, no âmbito do Dia Mundial da Diabetes, para desafiar as famílias portuguesas a "moderarem o consumo de açúcar".

O coordenador do Núcleo de Estudos de Diabetes Mellitus (NEDM), Estevão Pape, explica, citado num comunicado da SPMI, que "o desafio passa por convidar as famílias a realizar uma experiência de um dia em que não consumam alimentos açucarados, tais como bolos, doces, cereais, refrigerantes, bebidas alcoólicas, entre muitos outros".

O tema central deste ano é a "Família e a Diabetes", e a SPMI convida as famílias portuguesas a moderar o consumo de açúcar, diminuindo assim as probabilidades de desenvolvimento da doença.

O Presidente da SPMI, João Araújo Correia, esclarece, no mesmo comunicado, a importância que este tipo de ações pode ter junto da população, uma vez que contribui, de um modo geral, para que a população adote um estilo de alimentação saudável.

"Conseguimos não só contribuir para uma melhoria da saúde de todos nós, como inclusive destacamos o papel do especialista de Medicina Interna no contexto hospitalar e na promoção da discussão pública e científica ligada às diversas temáticas da saúde", adianta.

A diabetes é uma doença crónica, caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue e que provoca a deterioração dos vasos sanguíneos, podendo desencadear doenças cardiovasculares, insuficiência renal ou cegueira.

De acordo com o Observatório da Diabetes em Portugal, há um milhão de pessoas com diabetes no país.

Ler mais

Exclusivos