Marcelo Rebelo de Sousa lamenta morte de ex-deputado Eurico Lemos Pires

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte do ex-deputado e personalidade de relevo no panorama educativo português Eurico Lemos Pires, falecido no domingo, aos 91 anos de idade.

"Deputado à Assembleia da República, entre 1985 e 1987 (pelo Partido Renovador Democrático -- PRD), e relator da Lei de Bases do Sistema Educativo em 1986, Eurico Lemos Pires teve uma destacada e reconhecida participação na construção do referido diploma, que alteraria a estrutura do sistema educativo, ampliando a escolaridade obrigatória de seis para nove anos", destacou Marcelo Rebelo de Sousa, no seu texto.

"Professor da Universidade do Minho e do Instituto Politécnico do Porto, investigador em sociologia da educação e um dos mais brilhantes e desafiantes pensadores sobre as questões educativas, Eurico Lemos Pires deixa uma incontornável obra no ensino da educação e da sociologia da educação", salientou também o chefe de Estado no seu comunicado, divulgado no sítio da Presidência da República na Internet.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu ainda que alguns dos trabalhos de Eurico Lemos Pires, como 'Lei de Bases do Sistema Educativo', 'As escolas básicas integradas' ou 'A construção social da educação escolar' (em coautoria), "são textos de enorme atualidade na discussão dos principais problemas colocados ao sistema educativo: a escolaridade obrigatória e a elevação dos níveis de qualificação da população portuguesa; o insucesso e o abandono escolares; a igualdade de oportunidades na educação".

Professor emérito do Instituto Politécnico do Porto desde 2013, Eurico Lemos Pires participou na fundação da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras, de que foi o primeiro diretor, e da Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos.

O velório realiza-se na quarta-feira, a partir das 15:00, na Igreja do Foco, no Porto, e o funeral na quinta-feira, para Poiares, Peso da Régua.

Exclusivos