Seis mortos e 10 feridos em tiroteio nos EUA

O incidente registou-se na madrugada deste domingo e é ainda desconhecido o que esteve na origem da troca de tiros.

A polícia do Estado da Califórnia, Estados Unidos, procura pelo menos um suspeito de ligação ao tiroteio que este domingo matou seis pessoas e deixou feridas outras dez no centro de Sacramento, no estado da Califórnia.

A chefe de polícia de Sacramento, Kathy Lester, disse em conferência de imprensa que a polícia estava a patrulhar a área por volta das 2 horas da manhã quando ouviu tiros.

Quando chegaram ao local, encontraram uma grande multidão reunida na rua e seis pessoas mortas. Outros 10 foram transportados para hospitais. Nenhuma informação foi dada sobre o estado clínico dos feridos.

As autoridades não sabem se um ou mais suspeitos estavam envolvidos.

Esta é "uma cena muito complexa e complicada", disse Kathy Lester depois de ter feito um apelo à população para quem tiver testemunhado ou gravado o incidente que contacte a polícia.

Um vídeo colocado no Twitter mostrava pessoas a correr pela rua enquanto podiam ser ouvidos tiros.

Os moradores foram aconselhados a evitar a área, repleta de restaurantes e bares perto do Golden One Center, onde os Sacramento Kings jogam basquetebol.

"Os agentes localizaram pelo menos 15 vítimas do tiroteio, incluindo seis que morreram", revelou a polícia de Sacramento num comunicado no Twitter, já depois de terem pedido que as pessoas evitassem passar pela zona do incidente, uma vez que ali se encontrava "uma grande presença policial".

O porta-voz da polícia de Sacramento, Zach Eaton, disse que várias ruas vão permanecer fechadas "enquanto decorrem as investigações", acrescentando que são ainda "desconhecidas" os motivos deste tiroteio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG