Um piloto morre e outro é salvo após colisão de um caça nos Alpes italianos

Os bombeiros do socorro Alpino e os serviços de urgência públicos da região da Lombardia confirmaram a morte de um dos pilotos quando chegaram ao local.

Um piloto morreu esta quarta-feira na sequência de uma colisão de um caça militar na região dos Alpes italianos enquanto a aeronave estava a ser testada. As causas causas ainda estão por apurar.

Os bombeiros pertencentes ao Socorro Alpino e os serviços de urgência públicos da região da Lombardia confirmaram a morte de um dos pilotos quando chegaram ao local.

De acordo com vários órgãos de comunicação locais, o outro piloto que seguia a bordo da aeronave conseguiu ejetar-se antes do impacto. E há mesmo imagens do salvamento.

O incidente ocorreu pelas 11.00 locais (10.00 em Lisboa) em Lecco, região da Lombardia, próximo do pico de Legnone, perto do Lago de Como.

O caça M-346 fabricado pela Aermacchi, pertencente a uma multinacional italiana especializada nos setores da aeronáutica, defesa e segurança.

De acordo com o fabricante, a aeronave militar incendiou-se e despenhou-se a cerca de 1800 metros de altitude.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG