Homem morre após embater com o carro e disparar tiros junto ao Capitólio

O comunicado da polícia disse que o homem conduziu o carro contra uma barricada de veículos perto do Congresso norte-americano

Um homem morreu na madrugada deste domingo perto do edifício do Capitólio dos Estados Unidos depois de conduzir o seu carro contra uma barricada e disparar tiros para o ar antes de apontar a arma para si mesmo, disse a polícia.

Uma declaração da Polícia do Capitólio dos EUA não identificou o homem nem especulou sobre um motivo. O Congresso está atualmente em pausa e a polícia disse que "não parece que o homem quisesse atingir nenhum membro do Congresso".

O Supremo Tribunal, ainda por trás de barreiras de segurança após a sua decisão altamente divisiva sobre o aborto, também está próximo do Capitólio.

O incidente ocorreu numa altura de tensões elevadas e conversas violentas nas redes sociais após a apreensão surpresa de documentos governamentais confidenciais na propriedade do ex-presidente Donald Trump na Flórida.

O comunicado da polícia disse que o homem conduziu o seu carro contra uma barricada de veículos na East Capitol Street e Second Street pouco depois das 4h.

"Enquanto o homem estava a sair do carro, foi tomado pelas chamas", disse o comunicado. "O homem então disparou vários tiros para o ar." Quando os polícias responderam ao som de tiros e se aproximaram do homem, "ele disparou contra si mesmo", disse a polícia.

Ninguém mais ficou ferido.

O Departamento de Polícia Metropolitana de DC está a liderar uma investigação sobre o homem e o seu passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG